Salve João da Baleia!

“Adeus meu povo,

que eu já vou me embora.

Numa despedida,

até as pedra chora”

Hoje nos despedimos do mestre cirandeiro seu João de Olídio. No Bairro de Mandacaru era também conhecido por João da Baleia, onde morou desde o tempo da pesca da baleia. Ao lado de Mestre Carboreto e tantos outros músicos que este bairro tão rico de cultura concentra, participou da ciranda dos Tupinambás.

Tocando o seu triângulo, Seu João de Olídio trazia consigo muitas cirandas na memória e estava sempre pronto para cantar uma outra, daquelas antigas que tão poucas pessoas conheciam que sempre trazia um gostinho de novidade. Pois bem, mestre, nos despedimos do senhor neste dia 26 de janeiro, e agradecemos pela generosidade em sempre cantar com beleza e bom humor tantas belas cirandas praieiras.

Salve a ciranda!

Salve o Mestre!

Salve João da Baleia!


Principais Posts
Posts Recentes
Arquivos
Procurar por Tags
Nenhum tag.
Redes sociais
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • w-googleplus

© 2018 by  COLETIVO JARAGUÁ. Todos os direitos reservados.

BENS INVENTARIADOS

 

ALA URSA

BOI DE REIS

CAPOEIRA

CAVALO MARINHO

CELEBRAÇÕES DE MATRIZ AFRICANA

CIRANDA

COCO DE RODA

CONSTRUÇÃO DE CASA DE TAIPA

ESCOLA DE SAMBA

LAPINHA

NAU CATARINETA OU BARCA

OFÍCIO DAS PARTEIRAS

OFÍCIO DAS REZADEIRAS

OFÍCIO DO GAITEIRO

PESCA ARTESANAL

QUADRILHA JUNINA

TERRITÓRIO QUILOMBOLA

TRIBO INDÍGENA DE CARNAVAL

CAMBINDAS BRILHANTES DE LUCENA

 

COMUNIDADES

 

Paratibe

Gurugi-Ipiranga

Bairro dos Novais

Alto do Mateus

Porto do Capim

Vale do Gramame

Penha

Rangel

Roger

Lucena

Cabedelo

Santa Rita

Mandacaru

 

FINANCIADORES

 

APOIADORES

DOCUMENTOS