Salve João da Baleia!

“Adeus meu povo,

que eu já vou me embora.

Numa despedida,

até as pedra chora”

Hoje nos despedimos do mestre cirandeiro seu João de Olídio. No Bairro de Mandacaru era também conhecido por João da Baleia, onde morou desde o tempo da pesca da baleia. Ao lado de Mestre Carboreto e tantos outros músicos que este bairro tão rico de cultura concentra, participou da ciranda dos Tupinambás.

Tocando o seu triângulo, Seu João de Olídio trazia consigo muitas cirandas na memória e estava sempre pronto para cantar uma outra, daquelas antigas que tão poucas pessoas conheciam que sempre trazia um gostinho de novidade. Pois bem, mestre, nos despedimos do senhor neste dia 26 de janeiro, e agradecemos pela generosidade em sempre cantar com beleza e bom humor tantas belas cirandas praieiras.

Salve a ciranda!

Salve o Mestre!

Salve João da Baleia!


Principais Posts
Posts Recentes