Museu expede Certidão de Reconhecimento de Territórios Simbólicos às comunidades de Gurugi e Ipirang


Museu expede Certidão de Reconhecimento de Território Simbólico (CRTS) às comunidades de Gurugi e Ipiranga

Remanescentes Quilombolas da região do Conde /PB apresentaram, neste sábado (28), manifestações artísticas tradicionais inventariadas pelo Museu do Patrimônio Vivo. Na ocasião, foi concedido título à comunidade, representada na pessoa de Ana Lúcia Rodrigues, uma das referências do coco de roda Novo Quilombo de Gurugi.

São aproximadamente três mil quilombolas na região do Conde na Paraíba. Lá eles mantêm tradições culturais, como o coco de roda, a capoeira, a procissão de São Sebastião, a pesca artesanal e o ofício das rezadeiras. Neste sábado (28), as comunidades de Ipiranga e Gurugi se reúnem para apresentar as manifestações artísticas que representam as suas tradições e fortalecem a identidade Quilombola.

Na oportunidade, foi montada a exposição fotográfica e apresentados os bens culturais imateriais que foram inventariados nas comunidades por agentes culturais locais. A exposição é fruto de uma trabalho realizado pelo Museu do Patrimônio Vivo -MPV da grande João Pessoa que capacitou jovens como Agentes Culturais Comunitários para o reconhecimento e mapeamento das manifestações culturais de maior expressão nas comunidades.

Além da exposição, houve apresentações artísticas de Coco de roda e Capoeira. A comunidade tem seu próprio museu vivo, atividade permanente que busca promover a memória dos moradores. Para Marcos Santos, agente cultural do Museu em Gurugi, que participou do mapeamento e montagem da exposição, esse trabalho é muito rico, valoriza e fortalece a identidade e auto estima do povo Quilombola. “As Culturas influenciam a vida das pessoas. Para nós, essas expressões artísticas que identificamos aqui na comunidade são um ato de resistência”, destacou Marcos, morador do Quilombo de Gurugi.

O Museu do Patrimônio Vivo da Grande João Pessoa é um projeto que tem impulsionado ações de salvaguarda do patrimônio imaterial da Grande João Pessoa. A iniciativa foi premiada em 2013 pelo IPHAN Nacional, por meio do Prêmio Rodrigo de Melo Franco, na categoria patrimônio imaterial.

Serviço: Exposição Museu do Patrimônio Vivo da Grande João Pessoa – Comunidade Gurugi/Ipiranga Dia: 28/03 (sábado) Horário: a partir das 18h Local: Quilombo do Ipiranga (comunidade fica às margens da PB 018, km 10, sentido Conde – Jacumã)


Principais Posts
Posts Recentes
Arquivos
Procurar por Tags
Nenhum tag.
Redes sociais
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • w-googleplus

© 2018 by  COLETIVO JARAGUÁ. Todos os direitos reservados.

BENS INVENTARIADOS

 

ALA URSA

BOI DE REIS

CAPOEIRA

CAVALO MARINHO

CELEBRAÇÕES DE MATRIZ AFRICANA

CIRANDA

COCO DE RODA

CONSTRUÇÃO DE CASA DE TAIPA

ESCOLA DE SAMBA

LAPINHA

NAU CATARINETA OU BARCA

OFÍCIO DAS PARTEIRAS

OFÍCIO DAS REZADEIRAS

OFÍCIO DO GAITEIRO

PESCA ARTESANAL

QUADRILHA JUNINA

TERRITÓRIO QUILOMBOLA

TRIBO INDÍGENA DE CARNAVAL

CAMBINDAS BRILHANTES DE LUCENA

 

COMUNIDADES

 

Paratibe

Gurugi-Ipiranga

Bairro dos Novais

Alto do Mateus

Porto do Capim

Vale do Gramame

Penha

Rangel

Roger

Lucena

Cabedelo

Santa Rita

Mandacaru

 

FINANCIADORES

 

APOIADORES

DOCUMENTOS